quinta-feira, março 31, 2005

World Jump Day

Noticia importante. Se todos, ou melhor, se no minimo seicentos milhões de seres humanos saltarem todos ao mesmo tempo, o planeta modificaria sua órbita e segundo alguns cientistas isso permitiria a melhoria do clima com mais sol todos os dias, entre outros beneficios. Foi programado entao o dia do grande salto para 20 de julho de 2006 as 8:39:13 no horario de Brasila. Para mais informaçoes acessar http://www.worldjumpday.org/ .
Faltam sessenta e oito semanas para o grande evento e ja existem quase noventa e cinco milhoes de adesões. Se voce for contra a mudança do clima do planeta, por hora nao deve fazer nada, mas se o pessoal do world jump day conseguir juntar os seicentos milhões o jeito vai ser criar um site para juntar outros seicentos milhões para pular do lado contrario e anular o efeito. O mundo ta ficando cada dia mais complicado.

terça-feira, março 29, 2005

Esclarecimento

Estando eu sentado em cima do tronco cortado do velho pinheiro por cinco meses a meditar, a um certo ponto me veio espontânea a frase que resume todo o meu percurso de busca interior : Puta que o pariu mas que dor na bunda que me deu !!

Foi nesse momento que eu dei um pulo dizendo: "chega dessa merda !! " e como as pernas estavam engruvilhadas em um quase nó, dei com a cabeça na pedra e fui rolando que nem um barril morro abaixo. Foi quando eu tive a revelação: descobri que em cinco meses de meditação eu consegui uma artrite, hemorróidas e uma puta dor de cabeça.

Mas não ha de ser nada. Já me disseram que o training autógeno é muito melhor e da pra fazer ate enquanto se dirige que a policia não multa. Já tive as primeiras lições e estou já fazendo ommmm em cinco línguas diferentes, é fantástico, recomendo.

Essa introdução serviu para esclarecer algumas coisas e obscurecer outras tantas, mas como a continuação não será muito diferente, prosseguimos a tatear no escuro.

Com casos terrenos e concretos nós nos ocupamos demasiadamente ao longo do período de escrava motricidade, por isso a alusão e a fantasia nos invade no momento do desestress. Esse período de vacância é na verdade o momento da verdade, todo o resto do tempo nós fazemos o que os outros querem, esperam ou exigem de nos. Agora vão tomar nos cus e vamos nos refrescar na prainha. Mas o tempo urge e tudo não passa de ilusão.

Entre todas as minhas grandes conquistas a maior talvez tenha sido ganhar do Guido no jogo de piorrinha. Ou talvez o rabanete que eu plantei com húmus de minhoca e era do tamanho de uma maça. Quero ser lembrado por isso. Isso da sentido à existência, ainda que sentido é o que menos nos preocupa, como se esta a notar.

Morrerei com muitas duvidas, ou não, não sei. Só sei que tudo isso é exatamente o que escrevi aqui e se você esta lendo é porque efetivamente, está escrito

Aqui, de resto, tirando o fato que realmente tem muito italiano junto e isso é um pouco um defeito da Itália particularmente, ta tudo bem.

domingo, março 27, 2005


Ambassadors

sábado, março 26, 2005

Vida amor e guerra

Afinal acabou essa guerra e então corri os campos, que maravilha começavam a florir e apos tanto sangue e lagrimas e corpos e não só, também suas partes, perdidas e derramadas por belas paisagens que me faziam tremer diante desta vingança de Deus.

Deus vingativo, queremos só nosso pão e tínhamos que combater antes que nos aniquilassem e corria e pensava sobre o orvalho e alegre vi ao longe aquela figura que me rebrotava os sentimentos. Era toda fêmea e me parecia algo a ser reconhecido, reaprendido, bela e totalmente sorridente que me vinha de chorar de emoção e então a tomei nos braços e a levei detrás de um arbusto e nos batemos em loucura feliz e joguei minha arma de lado e nem vi para onde disparou.

Os botões da calça nem os vi como os arranquei e a cinta com as balas e a camisa e tantas de suas saias e anáguas e cintas e outras coisas e belas demoras que fazem subir a temperatura.

Que pele branca, que carnes tenras e seios redondos, isso é um sonho e tudo vai acabar, mas o sublime Deus voltou a sorrir e nos guarda dos pecados e sim como é suave esse perfume de desejo, esse aroma da paixão embriagante.

Então pude separar aquelas pernas macias e cumprir minha missão com a maior recompensa que um homem pode sonhar e fui colhido pelo absoluto e entendi que a vida é a única coisa que temos. De novo corri mas foi o melhor caminho do mundo e queria agradecer a água o ar o fogo e a quem criou os arbustos.

Recolhi frutos e voltei sedento, a joguei sobre o cavalo e pudemos juntos aprender a existência do universo.

Nasceram meus filhos que melhores não podem ser e foi assim que passei pelo mundo.

Agora que aqui, morto de novo pela guerra, me pergunto quando irão de novo encontrar um arbusto.

quinta-feira, março 24, 2005

Jornal Local

Depois de ter vivido em cidades grandes, que prazer ler o jornal local de minha pequena e minuscula cidade de 12 mil habitantes. Essa semana o assunto principal é que roubaram a bicicleta do prefeito e hoje alguem a abandonou perto da camara municipal. O Prefeito estava feliz da vida. Outro episodio importante foi quando uma dona de casa encontrou uma ra viva dentro da embalagem de salada comprada no supermercado. Foi manchete por uma semana. A proposito de manchete, leio aqui que hoje tem torneio de briscola no centro social. Imperdivel.

Le Corbusier

Le Corbusier o suiço que eu ja adorei e depois odiei e hoje merece da minha parte os dois sentimentos, em mostra em Prato ate 29 de maio. Na verdade se trata do Corbusier escritor e a mostra se limita aos livros do ponto de vista grafico. O homem publicou 35 textos entre 1912 e 1960 e pode-se dizer que sua obra retrata e exprime uma parte importante da primeira metade do seculo passado. Em tempo: mostra em Prato quer dizer uma mostra na cidade italiana que se chama Prato, nada a ver com culinaria ou musica. Corram que ainda é tempo.

quarta-feira, março 23, 2005

Motivos

Quatro motivos fazem uma diferença tremenda quando a questão são motivos e contamos um ou outro dentro das condições de contagem de motivos quando nos parece que temos inúmeros, mas a fria observação nos mostra que as coisas em geral são mais complicadas do que parecem e a nossa racionalidade não está em conexão direta com a verdade dos fatos e nem mesmo com a natureza das coisas, de forma que o olhar dos motivos e razões fica nublado pela própria razão que sombreia a verdade com verdadeiras cortinas em espiral ascendente tendendo ao infinito e que não podem ser explicadas de maneira nenhuma pela linguagem humana, limitada pela razão que é o próprio limite do pensamento.

Quatro razões são quase um número último para a contagem de puras e verdadeiras razões, pois os motivos que unem as razões já não se afiguram como tais pela própria transcendência das capacidades que seriam necessárias para arranhar o primeiro esboço de que seria a mais pálida idéia da primeira razão suficiente e necessária, que dirá as próximas, tão sobremaneira incompreensíveis que nos exige esforço que demandaria tempo maior do que a maior expectativa de vida de um ser humano, sendo portanto absolutamente impossível a analise qualquer que seja, sobre qualquer coisa em qualquer tempo e em qualquer lugar.

Qualquer coisa, ligue para mim que eu explico melhor.

segunda-feira, março 21, 2005

Cansei

Hoje o dia foi quase totalmente Frank Zappa, nao fossem alguns momentos Igor Stravinsky. Deu pra cansar. Näo escrevo mais nada hoje.

domingo, março 20, 2005

Vamos mudar de assunto

-Pare com isso garôto. Não se pode dizer que você tem sido irrepreensível. Quero crer que você tem hoje algum distúrbio emocional ligado ao fato de ter comido em demasia.

-Não mãe. Tenho sido injusto para com você. Mas a motivação disto está em eu não ter ainda aos doze anos uma vida sexual ativa. Isso me deixa atoleimado.

-Não creio ser esta uma justificativa muito plausível, meu filho. Seu avô tem oitenta e quatro e ainda não cometeu suicídio.

-Mas mãe, os meus amigos na escola já portam armas na cintura e eu ainda chupo sorvete de morango!

-Chega de lamúrias. Seu pai na tua idade já pescava muito bem e nem por isso ele ficou aleijado.

-É mas as garôtas riem de mim porque eu tenho muitos sêlos em minha coleção. Não aguênto mais chegar no clube e todos virem me pedir autógrafo. Eu sou tímido, pô.

-Grande coisa, eu me casei na igreja e nem por isso fico dizendo que como pastel três vezes por semana.

-Puxa vida mãe, você pensa que é facil pra mim ficar dependendo do time do papai ganhar o campeonato pra eu poder escovar os dentes com o creme de leite?

-Porque se lamentar? Eu esperei as cobras sairem debaixo da cama e só então pude pintar as unhas.

-Bem, pra dizer a verdade eu tambem pintei as unhas.

-Chega filho.

sábado, março 19, 2005

Contato com o Brasil

Tenho feito contatos e conhecido gente do Brasil atraves blogs e foruns. Interessante minha condiçao de brasileiro chamado de italiano no Brasil e italiano chamado de brasileiro na Italia. Viva ! Nao sou de ninguem! Sem patria é bem melhor.
De qualquer modo, mesmo tendo nascido la, sempre me senti longe do Brasil e agora busco essa aproximaçao como forma de redimir meus pecados de mau brasileiro.
Pena que nossa historia nao nos ajude a entender que somos fortes o bastante. Estamos cabisbaixos e tem gente que gosta disso. Somos fortes mas somos tristes. Triste.

sexta-feira, março 18, 2005

Por enquanto estou tranquilo

Estou muito tranquilo pois criei o blog e nao informei a ninguem. Espero que ninguem descubra e venha me incomodar por aqui. Seria terrivel ter publico leitor. Essa gente nao entende merda nenhuma mas se acha no direito de criticar. As criticas eu rebato quebrando o violao do Sergio Ricardo nas respectivas cabeças. Nao venham me encher o sac... mas espera um pouco, pra que essa veemencia? So voce eu vai vou ler, calma.

quinta-feira, março 17, 2005

Começamos mal

Ha tempos que queria inaugurar meu blog, mas tenho como caracteristica, do ponto de vista da fisica relativistica, uma preguiça astronomica e nao poderia andar assim contra a natureza, sem mais nem menos. Foi depois de muita leitura de blogs alheios que decidi pela criaçao deste espaço. Sentia que bastava estar alguns meses sem contato com a midia, ou seja internet, que me deparava com uma linguagem desconhecida e toda uma cultura bloguer criada. Estes mundos paralelos e sem fronteiras, precisam da minha participaçao, pensei. E se passaram mais meses e quando voltei ao assunto, as pessoas ja estavam onde nao posso descrever, pois nao entendo e fui atropelado pelos acontecimentos. Esta é uma tentativa portanto de subir nestre trem em movimento, coisa que ja fiz outras vezes e, bem, depois de fraturas e escoriaçoes, aprendi como se faz. Pensava de inaugurar com um discurso mais inteligente e metido a besta, mas para algo que vai pro lixo, ate que esta bom demais.

Roubei mas não matei e tenho que entrar aqui

More blogs about lixo tipo especial.