domingo, julho 24, 2005

Memória


Em uma cozinha de uma república de estudantes ali pelo início dos anos oitenta.

15 Comments:

Blogger lima said...

Ha, ha, adorei o ovo na parede! Mas, em toda tempestade há algo de bom, veja, a flor resistiu ao caos! ha, ha!
Deu saudades dos anos 80... Ah, nostalgia.

abraços, garoto

8:58 PM  
Anonymous Patrícia Köhler said...

Adorei seu desenho, Flávio! E não é muito diferente da cozinha da minha casa quando eu e meu irmão éramos adolescentes e nossa mãe passava o dia fora! Hahaha...
Um beijo.

11:40 PM  
Anonymous Yvonne said...

Que legal ter bons momentos para recordar, mesmo um ovo na parede. Beijocas

12:46 AM  
Blogger Fernando said...

Amigo/a é pra essas coisas.
Respondi a uma Corrente. Sobre cinema. Pediram:

6. Escolha 5 pessoas para passar a corrente…
Com minhas desculpas antecipadas, lá vai:
Perolita
Lili (Lis)
Théo Alves
Magro
Flávio Prada

Escolhi esses acima. Estás na lista!

Beijos e abraços
Fernando cals

3:11 AM  
Blogger franka said...

acabou de passar no FANTÁSTICO uma reportagem sobre HIGIENE.
e um médico sanitarista foi visitar (hahahah) uma republica onde moraam 12 (dooooooze) rapazes... o homem teve um treco, hahahah foi engraçado.
não tinha ovo na parede.
mas tinha feijoada!

4:10 AM  
Anonymous pecus said...

A famosa sopa de tênis com bituca de cigarro. Bonito desenho. Fez com o lápis de cor das crianças, ou elas que roubam os seus?

4:29 AM  
Blogger Manoel Carlos said...

Agora é pra rir, na ocasião deve ter propiciado muitas brigas.

7:19 AM  
Anonymous nora borges said...

Mais ou menos igual ao apartamento de minha filha em Segóvia no primeiro ano de experiência da "república". Agora, dois anos depois é preciso ver como as coisas mudaram!
Ela decidiu viver com dois rapazes e a paz reinou no lar. Quando eram 4 mulheres brigavam tanto para ver quem limpava isso ou fazia aquilo, que acabava ninguém fazendo. Com os meninos é muito mais simples... ela começa e eles vao atrás, ajudando em tudo e sem reclamar!
Beijos!

1:12 PM  
Anonymous tiagón said...

Mas ninguém falou da plantinha - justamente no lugar onde *jamais* deveria estar. A não ser que ela já tenha sofrido mutações e esteja se alimentando de azeite :)

3:03 PM  
Blogger lima said...

Oi, Afonso, no Brasil, hoje é o Dia Nacional do Escritor. Fiz uma homenagem no meu blog.Parabéns pelo seu dia, vc é um escritor e tanto!

Ah, e eu fui a primeira a falar da plantinha, lá em cima. Lembrei do poema do Drummond "uma flor nasceu no asfalto" ha ha!

abraços, garoto

4:44 PM  
Blogger Daniela said...

ai ai ai...foram os melhores 4 anos e meio da minha vida. Mas isso foi no finzinho de 90 e início dos 2000 :-)

E eu reclamava: da saudade de casa, dos amigos, da praia, da falta de cinemas decentes, livrarias decentes, teatro? que é isso!

Hoje eu sinto falta demais. Do dia-a-dia no campus e muito dos amigos que fiz lá. E também da garota que eu era.

Abraz

5:45 PM  
Blogger Leila Couceiro said...

Tiago, eu também adorei o detalhe da plantinha, assim com o do ovo e o do tênis. E o cigarro no chão?

Lindo, Flavio, você devia postar mais desenhos.

6:50 PM  
Anonymous Elisa said...

Nossa, parecida com as republicas que passei, ou dos meus amigos. beijos

8:48 PM  
Blogger Lucia Malla said...

Nossa!! Era assim mesmo!!! Mas tá faltando umas manchas mais "drásticas" no fogão... E claro, uma foto de mulher pelada ou do Brad Pitt na porta do forno.

3:40 PM  
Anonymous Eduardo Amorim said...

Cade o missoshiro?

3:37 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

More blogs about lixo tipo especial.